À espera… que 2020 passe

O ano 2020 está a ser um ano atípico, um ano perdido ou o pior anos das nossas vidas!

Vejo até um grande desejo que o ano acabe rápido na esperança que o ano 2021 seja melhor.

O que inconscientemente estamos a dizer é que escolhemos esperar que as coisas mudem, escolhemos esperar que as coisas aconteçam. No entanto, também podemos escolher agir e fazer acontecer!

O cérebro é programado para preservar energia e, quando lhe damos a opção entre “ficar à espera” ou “fazer acontecer”, ele naturalmente escolhe a opção que gasta menos energia. Fazer diferente implicará certamente gastar mais energia. Para que isso aconteça é necessário dar instruções diferentes ao cérebro, para que seja nosso aliado.

Podemos então dizer que a programação básica do cérebro é preservar energia, mas, e além disso, ele só gasta energia em coisas que fazem sentido, que nos motivam que nos fazem sentir alegria e motivação.

Quando insistimos em fazer coisas que já não gostamos, que já não nos identificamos, o cérebro envia-nos sinais para nos fazer desistir. Esses sinais surgem através do cansaço, dores físicas, musculares e até mesmo dores emocionais como a depressão, ansiedade e ataques de pânico.

Então, porque é que a maioria das pessoas se sente cansada, desmotivada? Porque em algum momento da vida, algo que fazia sentido fazer, viver, deixou de fazer e de forma inconsciente escolheram sobreviver apenas.

Somos humanos e todo o humano é emocional, ou seja, sentimos emoções. As emoções que sentimos são influenciadas pelos estímulos externos, ou seja, todos os dias acontecem situações que nos magoam, desiludem e nos fazem desanimar. São estas dores emocionais que quando não “cuidadas” nos levam a perder o verdadeiro sentido das coisas. Então, quando aprendemos a identificar as nossas emoções, desenvolvemos habilidades emocionais que nos ajudam a “proteger” desses fatores externos, ganhando assim um maior poder de ação.

É possível viver a vida de forma mais leve e feliz independentemente do ambiente em que vivemos e das coisas que nos acontecem, apenas aprendendo a fazer escolhas cada vez mais conscientes.

A necessidade de mudar os nossos comportamentos não tem que acontecer só no ano novo, ou no nosso aniversário, quando mudamos de emprego ou na próxima segunda feira!

O tempo é agora, e todos os dias são uma oportunidade de fazer diferente!

Nós temos o poder de escolha e eu escolho fazer acontecer! E tu?

Alexandra Leal dos Santos
Coach Emocional e Comportamental
Co-Criadora do Projeto Educar Consciente
Instrutora Certificada On Line – Programa Ser + Consciente

Nota: Artigo publicado no Jornal “O Figueirense” a 27 de Novembro de 2020

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *